Apostila Concurso MPOG / ENAP / SPU / SLTI - Analista - Nível Superior - 2015

Apostila digital (PDF) ou impressa com as matérias comuns a todos os cargos (Analista em Tecnologia da Informação - TI (300), e Analista Técnico Administrativo (83), Administrador (6), Arquivista (9), Arquiteto (16), Assistente Social (7), Contador (14), Economista (7), Engenheiro - Área 1 (2), Engenheiro - Área 2 (1), Engenheiro - Área 3 (1), Engenheiro - Área 4 (50), Geógrafo (17), Geólogo (16), Técnicos em Assuntos Educacionais (1), Técnico em Assuntos Educacionais e Técnico de Nível Superior) do concurso público de 2015 do do MPOG / ENAP / SPU / SLTI, um lançamento da Editora Opção, que está há mais de duas décadas no mercado de materiais para concursos. Confira também apostila completa para Analista Técnico Administrativo.
Matérias:
- Língua Portuguesa
- Raciocínio Lógico
- Noções de Administração Pública
- Atualidades
- Noções de Língua Inglesa (somente para o cargo de Analista em Tecnologia da Informação)
- Noções de Informática (exceto para o cargo de Analista em Tecnologia da Informação)
Informações sobre os cargos do concurso do Ministério do Planejamento e outros órgãos vinculados:
PARA O MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO – PLANO GERAL DE CARGOS DO PODER EXECUTIVO
CARGO  1: ADMINISTRADOR REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Administração, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, programação, coordenação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análise e projetos sobre administração de pessoal, material, orçamento, organização e métodos. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 2: ANALISTA TÉCNICO-ADMINISTRATIVO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. 2 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de atendimento ao cidadão e atividades técnicas e especializadas, de nível superior, necessárias ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas na sua área de atuação, ressalvadas as atividades privativas de carreiras específicas, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 3: ARQUIVISTA REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Arquivologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades voltadas ao planejamento, organização e direção de serviços de arquivo; planejar, orientar e acompanhar o processo documental e informativo; planejar, orientar e direcionar as atividades de identificação das espécies documentais e participação no planejamento de novos documentos e controle de multicópias; planejar, organizar e direcionar serviços ou centro de documentação e informação constituídos de acervos arquivísticos e mistos; planejar, organizar e direcionar serviços de microfilmagem aplicada aos arquivos; orientar o planejamento da automação aplicada aos arquivos; orientar a classificação, arranjo e descrição de documentos; orientar a avaliação e seleção de documentos, para fins de preservação; promover medidas necessárias à conservação de documentos; elaborar pareceres e trabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos; assessorar os trabalhos de pesquisa científica ou técnico-administrativa; desenvolver estudos sobre documentos culturalmente importantes. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 4: CONTADOR REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, relativas à contabilidade e à administração financeira e patrimonial, empreendendo balancetes, balanços, registros e demonstrações contábeis. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00.
CARGO 5: MÉDICO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Medicina (CRM). DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, planejamento, coordenação, programação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos de defesa e proteção da saúde individual nas várias especialidades médicas ligadas à saúde mental e à patologia, e ao tratamento clínico e cirúrgico do organismo humano. 3 REMUNERAÇÃO: R$ 3.625,42, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho das Atividades Médicas do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDMPGPE, correspondente a R$ 1.635,20. JORNADA DE TRABALHO: 20 horas semanais.
CARGO 6: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa e estudos pedagógicos, visando à solução dos problemas de educação, bem como de orientação e técnicas educacionais, administração escolar e educação sanitária. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
PARA O MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO – PLANO GERAL DE CARGOS DO PODER EXECUTIVO – ESTRUTURA REMUNERATÓRIA ESPECIAL
CARGO 7: ARQUITETO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Arquitetura, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, programação, coordenação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes à construção e fiscalização de obras da União e à elaboração de normas para a administração e conservação dos próprios artísticos nacionais, bem como de obras e instalações de natureza técnica e específica em projetos e programas governamentais. REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescida de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.897,70. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 8: ECONOMISTA REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Econômicas, fornecida por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de planejamento, supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, bem como elaboração de projetos relativos a pesquisas e análises econômicas nacionais e internacionais, sobre comércio, indústria, finanças, abastecimento, estruturas patrimoniais e investimentos nacionais e estrangeiros. REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescida de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.897,70. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 9: ENGENHEIRO – ÁREA 1 REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, planejamento, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, bem como a elaboração de projetos em geral, de regiões, zonas, cidades, obras, estruturas, transportes, desenvolvimento industrial, preservação e exploração de riquezas minerais, melhoramento das condições de navegação marítima ou interior e aperfeiçoamento de técnica e da indústria nacionais, especialmente no que se refere ao seu aspecto físico-mecânico. 4 REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescida de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.897,70. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 10: ENGENHEIRO – ÁREA 2 REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, planejamento, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, bem como a elaboração de projetos em geral, de regiões, zonas, cidades, obras, estruturas, transportes, desenvolvimento industrial, preservação e exploração de riquezas minerais, melhoramento das condições de navegação marítima ou interior e aperfeiçoamento de técnica e da indústria nacionais, especialmente no que se refere ao seu aspecto físico-mecânico. REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescida de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.897,70. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 11: ENGENHEIRO – ÁREA 3 REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, planejamento, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, bem como a elaboração de projetos em geral, de regiões, zonas, cidades, obras, estruturas, transportes, desenvolvimento industrial, preservação e exploração de riquezas minerais, melhoramento das condições de navegação marítima ou interior e aperfeiçoamento de técnica e da indústria nacionais, especialmente no que se refere ao seu aspecto físico-mecânico. REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescido de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.897,70. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
PARA O MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO – PLANO GERAL DE CARGOS DO PODER EXECUTIVO – SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
CARGO 12: ANALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de planejamento, supervisão, coordenação e controle dos recursos de tecnologia da informação relativos ao funcionamento da Administração Pública Federal, bem como executar análises para o desenvolvimento, implantação e suporte a sistemas de informação e soluções tecnológicas específicas; especificar e apoiar a formulação e acompanhamento das políticas de planejamento relativas aos recursos de tecnologia da informação; especificar, supervisionar e acompanhar as atividades de desenvolvimento, manutenção, integração e monitoramento do desempenho dos aplicativos de tecnologia da informação; gerenciar a disseminação, integração e controle de qualidade dos dados; organizar, manter e auditar o armazenamento, administração e acesso às bases de dados da informática de governo; desenvolver, implementar, executar e supervisionar atividades relacionadas aos processos de configuração, segurança, conectividade, serviços compartilhados e adequações da infraestrutura da informática da Administração Pública Federal. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDMGPE, correspondente a R$ 2.524,00. 5 O candidato aprovado para o cargo de Analista em Tecnologia da Informação poderá receber a Gratificação Temporária do Sistema de Administração de Recursos de Informação e Informática – GSISP de nível superior, conforme disposto na Lei nº 11.907, de 12 de fevereiro de 2009, atualmente paga no valor de R$ 3.704, 00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
PARA O MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO – PLANO GERAL DE CARGOS DO PODER EXECUTIVO – SECRETARIA DE PATRIMÔNIO DA UNIÃO
CARGO 13: ANALISTA TÉCNICO-ADMINISTRATIVO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades voltadas ao planejamento, supervisão, coordenação, controle, acompanhamento e à execução de atividades de atendimento ao cidadão e de atividades técnicas e especializadas, de nível superior, necessárias ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas na sua área de atuação, ressalvadas as atividades privativas de carreiras específicas, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de nível superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 14: ARQUITETO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Arquitetura, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, programação, coordenação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes à construção à fiscalização de obras da União e à elaboração de normas para a administração e conservação dos próprios artísticos nacionais, bem como de obras e instalações de natureza técnica e específica em projetos e programas governamentais. REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.897,70. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de nível superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, paga atualmente no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 15: ARQUIVISTA REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Arquivologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades voltadas ao planejamento, organização e direção de serviços de arquivo; planejar, orientar e acompanhar o processo documental e informativo; planejar, orientar e direcionar as atividades de identificação das espécies documentais e participação no planejamento de novos documentos e controle de multicópias; planejar, organizar e direcionar serviços ou centro de documentação e informação constituídos de acervos arquivísticos e mistos; planejar, organizar e direcionar 6 serviços de microfilmagem aplicada aos arquivos; orientar o planejamento da automação aplicada aos arquivos; orientar a classificação, arranjo e descrição de documentos; orientar a avaliação e seleção de documentos, para fins de preservação; promover medidas necessárias à conservação de documentos; elaborar pareceres e trabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos; assessorar os trabalhos de pesquisa científica ou técnico-administrativa; desenvolver estudos sobre documentos culturalmente importantes. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de nível superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente paga no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 16: ASSISTENTE SOCIAL REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, coordenação e orientação de trabalhos relacionados com o desenvolvimento, diagnósticos e tratamento da comunidade, em seus aspectos sociais. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de Nível Superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente paga no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 17: CONTADOR REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, relativas à contabilidade e à administração financeira e patrimonial, empreendendo balancetes, balanços, registros e demonstrações contábeis. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de nível superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente paga no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 18: ECONOMISTA REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Econômicas, fornecida por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. 7 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de planejamento, supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, bem como elaboração de projetos relativos a pesquisas e análises econômicas nacionais e internacionais, sobre comércio, indústria, finanças, abastecimento, estruturas patrimoniais e investimentos nacionais e estrangeiros. REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.897,70. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de nível superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente paga no valor máximo de R$ 4.617,00 . JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 19: ENGENHEIRO – ÁREA 4 REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, planejamento, coordenação ou execução em grau de maior complexidade, bem como a elaboração de projetos em geral, de regiões, zonas, cidades, obras, estruturas, transportes, desenvolvimento industrial, preservação e exploração de riquezas minerais, melhoramento das condições de navegação marítima ou interior e aperfeiçoamento de técnica e da indústria nacionais, especialmente no que se refere ao seu aspecto físico-mecânico. REMUNERAÇÃO: R$ 5.596,31, composta de vencimento básico correspondente a R$ 2.698,71, acrescida de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.897,70. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de nível superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente paga no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 20: GEÓGRAFO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Geografia, fornecida por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos, estudos e projetos relativos a reconhecimentos, levantamentos, estudos e pesquisas de caráter físico-geográfico, biogeográfico, antropogeográfico e geoeconômicos necessários ao conhecimento do país e das regiões e áreas do território nacional, destinados a servir de apoio à política social, econômica e administrativa de órgãos públicos. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescido de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de Nível Superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente paga no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 21: GEÓLOGO REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Geologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. 8 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, coordenação e elaboração de projetos relativos a estudos sobre interpretação tectônica e o estudo genético dos depósitos, a pesquisa e prospecção de jazidas minerais. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescido de Gratificação de Desempenho de Atividade de Cargos Específicos – GDACE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Secretaria de Patrimônio da União poderá optar por receber a Gratificação de Incremento à Atividade de Administração de Patrimônio da União – GIAPU de Nível Superior, conforme disposto na Lei nº 11.095, de 13 de janeiro de 2005, atualmente paga no valor máximo de R$ 4.617,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
PARA A ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – PLANO GERAL DE CARGOS DO PODER EXECUTIVO
CARGO 22: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecida por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atribuições voltadas ao planejamento, supervisão, coordenação, controle, acompanhamento e à execução de atividades de atendimento ao cidadão e de atividades técnicas e especializadas, de nível superior, necessárias ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas na sua área de atuação, ressalvadas as atividades privativas de carreiras específicas, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Escola Nacional de Administração Pública poderá receber a Gratificação Temporária de Atividade em Escola de Governo, conforme disposto na Lei nº 11.907, de 2 de fevereiro de 2009, atualmente paga no valor de R$ 2.894,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
CARGO 23: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa e estudos pedagógicos, visando à solução dos problemas de educação, bem como de orientação e técnicas educacionais, administração escolar e educação sanitária. REMUNERAÇÃO: R$ 4.514,22, composta de vencimento básico correspondente a R$ 1.990,22, acrescida de Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE, correspondente a R$ 2.524,00. O candidato aprovado para os cargos da Escola Nacional de Administração Pública poderá receber a Gratificação Temporária de Atividade em Escola de Governo, conforme disposto na Lei nº 11.907, de 2 de fevereiro de 2009, atualmente paga no valor de R$ 2.894,00. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais. 

Encontre apostilas para concursos públicos também no site da Editora Solução - Editora Opção - Editora Nova.

Prepare-se com antecedência para concursos públicos com os cursos on-line do IOB Concursos - Marcato (confira AQUI), umas das empresas mais conceituadas do ramo.