Apostila Concurso Técnico em Enfermagem - UFF - RJ - 2015


Apostila digital (PDF) ou impressa para o cargo de Técnico em Enfermagem do concurso público de 2015 da Universidade Federal Fluminense - UFF - RJ, um lançamento da Editora Opção, que está há mais de duas décadas no mercado de materiais para concursos. Confira também apostilas para Auxiliar e Assistente em Administração.
De acordo com o edital do concurso público de 2015 para o cargo de Técnico em Enfermagem  da Universidade Federal Fluminense - UFF-RJ, são estes os conhecimentos específicos que serão cobrados dos candidatos: Diretrizes do SUS e legislação vigente. Sistema de informação em saúde e em enfermagem. Ética profissional. Humanização da assistência. História natural e prevenção de doenças. Higiene e profilaxia. Saúde, meio ambiente e educação. Saúde e cidadania. Cálculo, preparo e administração de medicamentos. Técnicas básicas e fundamentais de enfermagem. Gerenciamento de resíduos em serviços de saúde. Classificação e processamento/limpeza de artigos e áreas hospitalares. Esterilização de materiais. Conhecimentos de instrumentos cirúrgicos. Biossegurança. Controle e prevenção de infecções em serviços de saúde. Imunização e cadeia de frio. Assistência integral de enfermagem à saúde: da criança e do adolescente, da mulher, do adulto e do idoso. O cuidado de enfermagem em saúde mental e psiquiatria e seus aspectos éticos e legais. Assistência ao indivíduo, família e comunidade com transtornos: agudos, crônicos degenerativos, infecciosos e contagiosos. Orientações pertinentes ao autocuidado. Assistência de enfermagem em situações de urgência, emergência e em saúde mental e em droga-adição. Cuidados de enfermagem no pré, trans e pós-operatório. Tratamento de feridas e curativos.
Sugestões Bibliográficas:
AVELAR, A. F. M. ET AL. 10 passos para a segurança do paciente. Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo / Rede brasileira de enfermagem e segurança do paciente – rebraensp – POLO São Paulo. SP. 2010. Disponível em: http://inter.coren sp.gov.br/sites/default/files/10_passos_seguranca_paciente.pdf. BRASIL. Lei orgânica da saúde Nº 8.080/90, DE 19/09/1990 - Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. ____, Conselho nacional de secretários de saúde. SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE. Brasília: CONASS, 2011. Disponível em: http://www.conass.org.br/colecao2011/livro_1.pdf. _____, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria-executiva. coordenação de apoio à gestão descentralizada. Diretrizes operacionais para os pactos pela vida, em defesa do SUS e de gestão. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2006. Disponível em: http://dtr2001.saude.gov.br/editora/produtos/livros/pdf/06_0257_m.pdf. ____, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Cadernos humanizaSus: Atenção hospitalar Volume 3. Brasília: Ministério da Saúde, 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cadernos_humanizasus_atencao_hospitalar.pdf
____. Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à saúde. núcleo técnico da política nacional de humanização. Acolhimento nas práticas de produção de saúde. 2. ED. 5. Reimp. – Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2010. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/acolhimento_praticas_producao_saude.pdf. ____, Ministério da Saúde. Agência nacional de vigilância sanitária. Medidas de prevenção de infecção relacionada à assistência à saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2013. Disponível em: https://dl.dropboxusercontent.com/u/20028439/modulo%204%20medidas%20de%20prevencao%20de%2 0ira%20a%20saude.pdf. ____, Ministério da Saúde. Agência nacional de vigilância sanitária. Segurança do paciente em serviços de saúde: limpeza e desinfecção de superfícies. Brasília: ANVISA, 2010. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/4ec6a200474592fa9b32df3fbc4c6735/manual+limpeza+e+de sinfeccao+web.pdf?mod=ajperes. ____, Ministério da Saúde. Secretaria de vigilância em saúde. Departamento de vigilância epidemiológica. Autocuidado em hanseníase: face, mãos e pés. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2010. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/cartilha_face_maos_pes.pdf. ____, Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à saúde. Departamento de atenção básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco Cadernos de atenção básica, Nº 32. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/arquivos/caderno_atencao_ pre_natal_baixo_ risco.pdf. _____, Ministério da Saúde. Secretaria de vigilância em saúde. Programa nacional de dst e aids. Protocolo para a prevenção de transmissão vertical de hiv e sífilis: manual de bolso. Brasília: Ministério da Saúde, 2007. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/protocolo_prevencao_transmissao_verticalhivsifilis_manualbol so.pdf. ____, Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à saúde. Departamento de atenção básica. vigilância em saúde: dengue, esquistossomose, hanseníase, malária, tracoma e tuberculose. 2ª ED. Rev. Brasília: Ministério da Saúde, 2008. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/abcad21.pdf. ____. Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à saúde. Diretoria técnica de gestão dengue: diagnóstico e manejo clínico: adulto e criança. 4. ED. – Brasília: Ministério da Saúde, 2013. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/dengue_manejo_adulto_crianca__4ed_2011.pdf. ____, Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à saúde. Departamento de ações programáticas estratégicas. Área técnica de saúde da mulher. pré-natal e puerpério: atenção qualificada e humanizada – manual técnico. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/manual_puerperio_2006.pdf. _____, Ministério da Saúde, Secretaria de assistência à saúde. Departamento de atenção básica. Hipertensão arterial sistêmica. Cadernos de atenção básica Nº15, Série A. Normas e manuais técnicos. Brasília: MS, 2006. _____, Ministério da Saúde, Secretaria de assistência à saúde. Departamento de atenção básica. Diabetes mellitus. Cadernos de atenção básica Nº16, Série A. Normas e manuais técnicos. Brasília: MS, 2006. _____. Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à saúde. Departamento de atenção básica. HIV/AIDS, hepatites e outras dst. Cadernos de atenção básica, N. 18. Série A. Normas e manuais técnicos. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. _____. Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à saúde. Departamento de atenção básica. Saúde da criança: nutrição infantil: aleitamento materno e alimentação complementar. Cadernos de atenção básica, N. 23. Brasília: Ministério da Saúde, 2009. _____, Ministério da Saúde. Recomendações para atendimento e acompanhamento de exposição ocupacional a material biológico: hiv e hepatites B E C. Brasília: Ministério da Saúde. 2004. _____. Ministério do trabalho e emprego. Secretaria de Inspeção do Trabalho. Riscos Biológicos Guia Técnico - Os riscos biológicos no âmbito da Norma Regulamentadora Nº. 32. Brasília 2008. Disponível em: http://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080812BCB2790012BD509161913AB/guia_tecnico_cs3.pdf. GIOVANI. A.M.M. Enfermagem, cálculo e administração de medicamentos. 14 ED. Rev e ampl. São Paulo: Rideel, 2012. SILVA, S.R.L. do P. T da; SILVA, G.T.R. da. Manual do técnico em enfermagem. São Paulo: Martinari, 2013. 

Encontre apostilas para concursos públicos também no site da Editora Solução - Editora Opção - Editora Nova.

Prepare-se com antecedência para concursos públicos com os cursos on-line do IOB Concursos - Marcato (confira AQUI), umas das empresas mais conceituadas do ramo.