Apostila Concurso Promotor de Justiça Substituto MP - SC e Curso - 2014

O  Ministério Público do Estado de Santa Catarina MP - SC fará seu concurso público de 2014 destinado ao provimento de 17 (dezessete) cargos de Promotor de Justiça Substituto, e o  IOB Concursos Marcatto, uma das empresas mais conceituadas do ramo, criada pelo Grupo IOB, fundado em 1967, possui um curso preparatório Online Intensivo para Carreiras Jurídicas - Especial para Promotor de Justiça, adequado à preparação para este concurso público e do MP de outros estados. Há dois preços do curso, sendo um com a opção de livro / apostila digital, bem mais acessível, e outro com o livro impresso.


Veja o que o IOB Concursos diz sobre o seu curso:

"Com o Curso Online Intensivo para Carreiras Jurídicas, o IOB Concursos Marcato te prepara de forma Especial para Promotor de Justiça.

Objetivo: O sonho de ser Promotor de Justiça passa por esse curso. Com as 09 disciplinas de maior incidência nos concursos de todo o país, atualizadas, aprofundadas e dinâmicas, apresentadas em metodologia única nos cursos preparatórios, o aluno estuda e faz exercícios relacionados a cada um dos temas propostos.

O resultado dessa metodologia pode ser vista em nosso Hall de Aprovados. Atribuímos parte desse sucesso ao incansável trabalho dos Orientadores de Aprendizagem, que auxiliam o aluno na elaboração de um plano de estudos, contribuem para a solução de dúvidas, sugerem leituras e palestras, além de cobrar rendimento nas aulas e avaliações (quiz  e simulados).

O Promotor de Justiça tem salários médios de R$ 18.000,00 e tem como atribuições: “além das previstas na Constituição Federal e nas leis, são: exercer a fiscalização dos estabelecimentos que abrigam idosos, inválidos, menores, incapazes e pessoas portadoras de deficiências, supervisionando-lhes a assistência; exercer o controle externo das atividades desenvolvidas nos estabelecimentos prisionais; assistir as famílias atingidas pelo crime e defender-lhes os interesses; exercer o controle externo da atividade policial; receber petições, reclamações e representações de qualquer pessoa por desrespeito aos direitos assegurados na Constituição Federal, nesta Constituição e nas leis. No exercício de suas funções, o órgão do Ministério Público poderá: instaurar procedimentos administrativos e, a fim de instruí-los, expedir notificações para colher depoimentos ou esclarecimentos, requisitar informações, exames, perícias e documentos de autoridades municipais, estaduais e federais, da administração direta e indireta, bem como promover inspeções e diligências investigatórias; requisitar à autoridade competente a instauração de sindicância, acompanhar esta e produzir provas; requisitar informações e documentos de entidades privadas para instruir procedimento e processo em que oficie.”"

Carga horária: mais de 400 horas
9 disciplinas com mais de 1.500 videoaulas
Você receberá 9 livros que representam os principais tópicos das disciplinas tratadas em aula. Esse material não substitui a aquisição de manuais exigidos pelos concursos.
Mais de 2.000 exercícios na internet para fixação dos conteúdos
Acesso ilimitado aos conteúdos durante os 6 meses da assinatura
Orientador de Aprendizagem para atendimento individualizado
Aulas disponíveis 24h, 7 dias por semana
Metodologia simples e direta.
Verifique os conteúdos programáticos ofertados nesse curso.

Conteúdo:
 Apresentação Inicial (5 min)
 Direitos Humanos (7 h)
 Direito Administrativo (56 h)
 Direito Penal (74 h)
 Direito Processual Penal (73 h)
 ECA (14 h)
 Direito Penal Especial (35 h)
 Direito Empresarial (29 h)
 Legislação Penal Especial (52 h)
 Direito Constitucional (70 h)

Corpo docente:
Alexandre Salim - Direito Penal | Direito Penal Especial | Legislação Penal Especial
Eleonora Nacif - Direito Penal Especial
Rafael Barretto - Direito Constitucional
Aloísio Zimmer - Direito Administrativo
Bernardo Gonçalves Alfredo Fernandes - Direito Constitucional
Leonardo Estrela - Direitos Humanos
Nathália Masson - Direito Constitucional
Ivan Luis Marques - Direito Penal | Direito Penal Especial | Legislação Penal Especial
Gustavo Machado - Direito Constitucional
André Barbieri - Direito Administrativo

O concurso será regido pela Lei Complementar estadual nº 197, de 13 de julho de 2000 - Lei Orgânica do Ministério Público de Santa Catarina, pela Resolução nº 001/2014/CSMP - Regulamento do Concurso de Ingresso na Carreira do Ministério Público, de 26 de março de 2014, do Conselho Superior do Ministério Público, publicada no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, edição nº 1238, de 27 de março de 2014, e pelas normas constantes no edital.
O ingresso na carreira do Ministério Público far-se-á mediante concurso público de provas e títulos, sendo assegurada, em sua realização, a participação da Ordem dos Advogados do Brasil e observada, nas nomeações, a ordem de classificação.
Poderão inscrever-se no concurso público bacharéis em Direito com, no mínimo, 3 (três) anos de atividade jurídica, comprovada quando convocados para a posse no cargo.
O concurso destina-se ao provimento de 17 (dezessete) cargos de Promotor de Justiça Substituto, no âmbito do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, sendo 1 (uma) delas destinada, na forma do §1º do art. 35 e do inciso I do art. 37, ambos da Lei estadual nº 12.870, de 12 de janeiro de 2004, a pessoas com deficiência, e constituir-se-á de provas escritas, de tribuna, oral e de títulos.
O Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar estadual nº 424, de 1º de dezembro de 2008, acessível, pela Internet, no Portal do Ministério Público (www.mpsc.mp.br), é o instrumento oficial de publicação, divulgação e comunicação dos atos da Comissão de Concurso.